Recuperação de dados: sua empresa tem um plano de backup?

Recuperação de dados: sua empresa tem um plano de backup?

Em uma empresa, dados são essenciais. Afinal, tudo aquilo com o que você trabalha no computador e na internet é, na essência, um dado. Com efeito, ele deve ser armazenado para que você possa dar continuidade ao que está fazendo. Mas a tecnologia falha, então, mais do que saber como armazenar seus dados, é essencial compreender a relevância de um plano de recuperação de dados. Em outras palavras, um plano de backup.

Afinal, o que é recuperação de dados? Qual a importância de ter um plano de backup? Explicaremos melhor em que consiste um bom plano de recuperação de dados nesse conteúdo. Continue conosco!

O que é Recuperação de Dados

A saber, o processo de recuperação de dados pressupõe o tratamento dos dados armazenados nos mais diversos sistemas. Para garantir segurança, esse processo é, via de regra, realizado por técnicos ou especialistas em dados e tecnologia, visto que demanda conhecimentos e delicadeza para que os dados não sejam perdidos.

Só para ilustrar, os dados podem ser recuperados de qualquer sistema de armazenamento. Por exemplo:

  • USB;
  • HD;
  • Sistemas de armazenamento em nuvem;
  • SSD;
  • Dispositivos externos (HD externo, por exemplo);

Assim, a recuperação de dados ocorre quando há algum problema ou dano nos dispositivos de armazenamento. O dano pode ser físico ou causado dentro do sistema, por um vírus ou malware, por exemplo.

Entretanto, o processo de recuperação não precisa ser feito apenas quando há dano que leve à perda dos dados. Por certo, é possível que ele seja a solução para o caso da exclusão acidental de arquivos ou conteúdos.

Recuperação de dados: O que é um Plano de Backup?

Recuperação de dados: plano de backup

O plano de backup é o que garante que sua política de backup seja colocada em prática de forma estratégica. Por isso, manter um bom plano de backup significa garantir que você não tenha que se preocupar com a perda de dados e documentos, o que pode ser um desastre para qualquer empresa ou corporação.

Dessa forma, um bom plano de backup possui os seguintes requisitos:

É automático

Os backups devem proteger todos os dados que você precisaria recuperar no caso de um desastre, e por isso o ideal é que aconteçam de forma automática. Dessa forma, reduz os riscos de perda de documentos e arquivos.

É recorrente

Se o backup não for feito de forma recorrente, ele dificilmente garantirá a proteção que seus dados precisam. Por isso, é fundamental que você estabeleça uma frequência para realizar os backups — se eles forem automáticos, essa tarefa fica muito mais fácil.

Desse modo, o ideal é que sejam feitos após o dia de trabalho. Ou, no caso de empresas que funcionam 24hs, em um horário em que o trâmite e armazenamento de dados seja menos intenso.

É testado de tempos em tempos

Para que seja possível evitar falhas e, ainda, prever possíveis riscos, é importante que os backups sejam testados após realizados. Além disso, é essencial que haja uma frequência determinada para verificação desses backups. Assim você garante que todos os arquivos estão, de fato, seguros, e que não houve nenhum corrompido ou danificado durante o processo de backup.

Está em mais de um lugar

Sem dúvida, confiar em apenas um canal, meio ou dispositivo para armazenamento do backup é um erro que deve ser evitado. Então, é importante distribuir mais de uma versão do backup em locais geograficamente diferentes, para garantir que você não perca seus dados em caso de acidentes.

Então, aqui incide a regra 3-2-1. Ou seja, o backup deve:

  • 3: existir ao menos três cópias;
  • 2: em dois lugares diferentes;
  • 1: um deles sendo remoto.

Agora que você já sabe a importância de um plano de backup, é hora de criar um para sua empresa e garantir que você esteja sempre protegido com um bom planejamento de recuperação de dados. A Flexus pode ser sua parceira nesse objetivo, auxiliando com orientações ou mesmo a tecnologia necessária para um bom plano de backup — é só entrar em contato conosco!

Fazer um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *